Menu

Adquira o livro: O Papa do Fim do Mundo - Lindolfo Dias

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

O FIM DO JUÍZO NO CÉU-O Incensário de Ouro



O FIM DO JUÍZO E DO TEMPO DA GRAÇA
O que acontecerá quando terminar o Juízo ou o julgamento no Céu e os destinos de todas as pessoas que viveram na Terra estiverem selados para sempre? A Palavra de Deus tem uma resposta clara e conclusiva sobre os grandes e terríveis acontecimentos que finalizarão a experiência terrestre do homem, traduzidas em duas palavras simples e cheias de significado: Trombetas e pragas, que na realidade têm um mesmo significado. A primeira fala desses acontecimentos; a segunda, das suas consequências. 

Alguns textos pertinentes do livro da Revelação: 

Apocalipse 8:5-6 – “E o anjo tomou o incensário, e o encheu do fogo do altar, e o lançou sobre a terra; e houve depois vozes, e trovões, e relâmpagos e terremotos (5). E os sete anjos, que tinham as sete trombetas, prepararam-se para tocá-las” (6). 

Apocalipse 16:17 – “... Está feito!” 

Apocalipse 22:11 – “Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda”.

Daniel 12:1 - Naquele tempo Se levantará Miguel, o grande príncipe, que Se levanta pelos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve desde que houve nação até aquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que se achar escrito no Livro”.

“Foi-me indicado o tempo em que a mensagem do terceiro anjo estava a finalizar-se... A última grande advertência tinha soado por toda parte e havia instigado e enraivecido os habitantes da terra que não quiseram receber a mensagem... Vi anjos indo aceleradamente de um lado para o outro no Céu. Um anjo com um tinteiro de escrivão ao lado voltou da Terra, e referiu a JESUS que sua obra estava feita, e os santos estavam numerados e selados. Então vi JESUS, que havia estado a ministrar diante da arca, a qual contém os Dez Mandamentos, lançar o incensário. Levantou as mãos e com grande voz disse: Está feito. E toda a hoste angélica tirou suas coroas quando JESUS fez a solene declaração: Continue o injusto fazendo injustiça, continue o imundo ainda sendo imundo; o justo continue na prática da justiça, e o santo continue a santificar-se. Apoc. 22:11”. (Ellen G.White - Primeiros Escritos, pag. 279 e 280).

Quando Ele atirar o incensário à Terra, cessará o ministério intercessor de Cristo. Terminará o tempo da graça, e haverá trovões, vozes, relâmpagos e um grande terremoto”. (Lição da Escola Sabatina, Cpb, 3º Trimestre, ano de 1989, pag. 120).

Naquele tempo Se levantará Miguel, o grande príncipe, que Se levanta pelos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até aquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que se achar escrito no Livro. Daniel 12:1’.  ‘Quando se encerrar a mensagem do terceiro anjo, a misericórdia não mais pleiteará em favor dos culpados habitantes da terra. O povo de DEUS terá cumprido a sua obra. Recebeu a ‘chuva serôdia’, o ‘refrigério pela presença do SENHOR’, e acha-se preparado para a hora probante que diante dele está... O mundo foi submetido à prova final, e todos os que se mostraram fiéis aos preceitos divinos receberam ‘o selo do DEUS vivo’. Cessa então JESUS de interceder no santuário celestial. Levanta as mãos, e com grande voz diz: ‘Está feito’; e toda a hoste angélica depõe suas coroas, ao fazer Ele o solene aviso: ‘Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda.’ (Apocalipse 22:11). Todos os casos foram decididos para vida ou para morte”. (Ellen G. White, O Grande Conflito, Cpb, pag. 613, destaques acrescentados).

Está bastante clara a associação que Ellen G. White faz do texto de Daniel 12:1 com os textos de Apocalipse 8:5, 16:17 e 22:11, ou seja, ela afirma que, quando Jesus se levantar do Santuário e lançar o incensário, o juízo estará encerrado, a “porta da graça” fechada e a proteção de Deus retirada dos impenitentes que rejeitaram a salvação. Quem são estes?  Os injustos, ou sujos, todos aqueles que não estão escritos ou selados “no livro”.

“Pouco antes de entrarmos... (no tempo de angústia), todos nós recebemos o selo do Deus vivo. Então eu vi os quatro anjos deixarem de segurar os quatro ventos. E vi fomes, epidemias e espada, nação se levantando contra nação e o mundo inteiro em confusão”. (Ellen G. White – SDBAC, Vol. 7, pag. 968, ref. em Eventos Finais, pag. 196, destaques acrescidos).

“Vi que os quatro anjos segurariam os quatro ventos até que a obra de Jesus estivesse terminada no santuário, e então viriam as sete últimas pragas. Estas pragas enfureceram os ímpios contra os justos, pois pensavam que nós havíamos trazido os juízos divinos sobre eles, e que se pudessem livrar a terra de nós, as pragas cessariam” (Ellen G. White – Primeiros Escritos, Cpb, pag. 36, ref. em Eventos Finais, pag. 220 e 221, destaquei).

Quatro poderosos anjos tinham recebido a ordem de segurar os quatro ventos, em todo o mundo, até que fossem selados todos os “servos do nosso Deus” (Apocalipse 7:1-3).  Eles receberam esta incumbência para preservá-los das consequências que viriam com as conflagrações que serão evitadas até que termine o juízo e todos estejam contados e escritos no Livro.

Depois de terminado o juízo e quando todos estiverem selados, estará também encerrado o tempo da graça e estes mesmos anjos serão liberados desta missão. Isto está claramente no futuro e pode ser comprovado pelo texto da profecia sagrada, que confirma que ao começarem os castigos infligidos pelas trombetas e pragas, estes flagelos deveriam cair apenas sobre os que não têm nas testas o sinal, ou o selo de Deus (Apocalipse 9:4). Isto é prova de que os outros estarão todos selados e protegidos no tempo da grande tribulação.

Estes anjos estarão, então, não mais em todos os cantos da Terra, mas junto ao grande Rio Eufrates, que é a região mais conflagrada do planeta, quando serão liberados da sua missão apaziguadora. Então, numa determinada data que será então marcada, haverá uma terrível carnificina em que será morta a terça parte dos habitantes dessa região (Apocalipse 9:13-15). Esta é a análise lógica e coerente do texto bíblico.

“Retirando-se JESUS do lugar santíssimo, ouvi o tilintar das campainhas sobre as Suas vestes; e, ao sair Ele, uma nuvem de trevas cobriu os habitantes da terra. Não havia então mediador entre o homem culpado e DEUS... Enquanto Jesus permanecera entre Deus e o homem culposo, achava-se o povo sob repressão; quando, porém, Ele saiu de entre o homem e o Pai, essa restrição foi removida, e Satanás teve completo domínio sobre os que afinal não se arrependeram”.  (Ellen G.White - Primeiros Escritos, Cpb, pag. 280).

Apocalipse 15:1, 6-7, 8:6; 16:1“E vi outro grande e admirável sinal no céu: sete anjos, que tinham as sete últimas pragas; porque nelas é consumada a ira de Deus (1). E os sete anjos que tinham as sete pragas saíram do templo vestidos de linho puro e resplandecente, e cingidos com cintos de ouro pelos peitos (6) E um dos quatro querubins deu aos sete anjos sete salvas de ouro, cheias da ira de Deus, que vive para todo o sempre (7). E os sete anjos, que tinham as sete trombetas, prepararam-se para tocá-las (8:6). E ouvi, vinda do templo, uma grande voz, que dizia aos sete anjos: Ide e derramai sobre a terra as sete salvas da ira de Deus. (16:1)”.

Nesse tempo, num futuro que está próximo, os anjos simbolizados pelas trombetas e pelas salvas contendo as pragas que consumam a ira de Deus realizarão a sua obra e a partir desse tempo ninguém mais poderia ser justificado e contado no Santuário, que resplandece com a Sua glória e poder. 

Apocalipse 15:8“E o santuário encheu-se com a manifestação da glória de Deus e do Seu poder; e ninguém podia entrar no templo, até que se consumassem as sete pragas dos sete anjos”.
“Solenes acontecimentos ainda ocorrerão diante de nós. Soará uma trombeta após a outra; uma taça após a outra será derramada sucessivamente sobre a terra”. (Ellen G. White – Mensagens Escolhidas, Vol. 3, Cpb, pag. 426, ref. em Eventos finais, pag. 205, destaquei).

“Satanás mergulhará então os habitantes da terra em uma grande angústia final. Ao cessarem os anjos de Deus de conter os ventos impetuosos das paixões humanas, ficarão às soltas todos os elementos de contenda. O mundo inteiro se envolverá em ruína mais terrível do que a que sobreveio a Jerusalém na antiguidade”. (Ellen G. White – O Grande Conflito, Cpb, pag. 614, ref. em Eventos Finais, pag. 206).

4 comentários :