Menu

Adquira o livro: O Papa do Fim do Mundo - Lindolfo Dias

quinta-feira, 25 de maio de 2017

TRUMP E FRANCISCO, OS PRINCIPAIS PROTAGONISTAS DE APOCALIPSE 13, NUM ENCONTRO HISTÓRICO


O dia 24 de maio de 2017 certamente pode ser considerado como um dia histórico para a profecia bíblica, notadamente no que diz respeito ao capítulo 13 do livro da Revelação, o Apocalipse. Pela primeira vez se encontraram em Roma, no Vaticano, os personagens mais importantes que irão protagonizar os eventos finais da história humana.



É interessante notar que a relação entre os 2 mais destacados homens que são responsáveis por decisões que influenciam nossa "aldeia global" até aqui não tem sido caracterizada por nada do que se possa chamar de amistosa. Pelo contrário, os dois sempre trocaram farpas e comentários francamente hostis, marcando posições absolutamente controversas e opostas em vários assuntos da política mundial, como a questão da guerra e da paz, dos imigrantes e refugiados que fogem dos conflitos da África e do Oriente Médio e principalmente, com relação às questões climáticas e o aquecimento global. A este respeito deve-se destacar o significado explícito do presente que o pontífice deu ao seu visitante: a encíclica LAUDATO SI, o documento em que ele exalta a defesa do meio-ambiente.

A aparente frieza com que o papa recebeu o presidente americano certamente irá contrastar doravante com a estreita colaboração que rapidamente irá resultar na mais estreita aliança entre os dois homens mais poderosos e influentes do planeta.

O que irá acontecer daqui prá frente? Anotem aí:

a- O presidente americano irá rever todas as suas polêmicas promessas de campanha que conflitam com os pontos de vista defendidos pelo pontífice, especialmente a que diz respeito ao Acordo de Paris. ELE NÃO IRÁ RASGAR ESSE ACORDO, como anunciou peremptoriamente, em reiteradas ocasiões. Pelo contrário, ele deverá ser um dos seus principais incentivadores e o seu maior financiador;

b- Os dois líderes, juntamente com os líderes da OTAN, a Organização do Tratado do Atlântico Norte, possivelmente com o apoio de russos e chineses irão elaborar planos para eliminar, em curto espaço de tempo, a ameaça do terrorismo islâmico, em todas as suas frentes, principalmente no Norte da África e no Oriente Médio, atingindo mortalmente o Estado Islâmico (Isis), o Boko Haram, a Al Qaeda e o Talibã, entre outros; 

c- O presidente Trump irá apoiar e articular a ascensão do papa Francisco ao cargo de gestor maior do Acordo de Paris, referendado por 10 diplomatas da ONU que receberão autoridade para esta gestão e a irão transferir para o já idoso pontífice;

d- Dentre todas as decisões visando promover a paz e o bem comum em todo o planeta e a sua preservação contra os efeitos do aquecimento global, o primeiro e único soberano mundial do Planeta, em todas as eras, irá decretar o que está explícito no item 237 da encíclica mencionada, onde ele destaca a necessidade da imposição de um dia mundial de descanso e abstenção de toda forma de trabalho, visando entre outros benefícios comuns, a integridade do planeta;

e- A unificação das igrejas, promovendo uma fé ecumênica baseada no respeito mútuo e na observação de pontos que são comuns a todas elas, buscando o entendimento e a implantação de normas de boa conduta e doutrinas humanistas e contemporâneas, que contemplem as diversidades e a democracia global;

O domingo, o dia escolhido por ele e que será imposto a todo o mundo, deverá ser objeto de polêmica e controvérsia, e o decreto que o irá impor a todo o mundo, também será objeto do nosso próximo post. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário